Primeira Missão à Noruega do Programa Ambiente

De 8 a 12 de outubro decorreu uma visita à Noruega, nas cidades de Tonsberg, Oslo, Lillehammer e Fetsund. Esta visita, que se realizou no âmbito do MFEEE EEA-Grants 2014-2021, teve um triplo objetivo: Desenvolvimento de contactos institucionais com parceiros noruegueses, bem como a troca de experiências e conhecimento in loco nas áreas do Ambiente, Recursos Hídricos, Metrologia e Energia; Visita à região de Lillehammer (no Condado de Oppland) e ao projeto piloto aí desenvolvido, em sequência da visita da delegação norueguesa em junho, no âmbito do Projeto Pré-definido ‘Rio Ceira’; e Recolha de informação sobre a experiência norueguesa no sistema de gestão, recolha e reciclagem de garrafas de plástico à consignação.

De 8 a 10 de outubro o âmbito da visita inseria-se no projeto pré-definido EEA Grants do Rio Ceira, com a partilha de experiências e apresentação de casos práticos por parte da Direção Geral de Proteção Civil da Noruega (DSB), o Instituto Meteorológico Norueguês (MET), a Direção Geral da Agua e Energia da Noruega (NVE), o Governador do Condado de Oppland.

De 11 a 12 de outubro, os objetivos centraram-se no estudo das práticas e procedimentos relacionados com as políticas Norueguesas de gestão e recuperação de resíduos, Sustentabilidade e a visita a instalações de produção e reciclagem. As entidades que se encontraram envolvidas foram, respetivamente, a Agência Norueguesa do Ambiente, Innovation Norway e Infinitum.

A DSB realizou apresentações nas áreas da proteção civil, metodologias para a prevenção e resposta a cenários de crise, adaptação a alterações climáticas e fogos florestas. O MET descreveu as suas atividades e a sua missão. Entre as suas atividades encontra-se o regime de previsão de tempo na Noruega e para o resto do mundo (https://www.yr.no/), bem como dos sistemas de alerta para eventos como os fogos florestais na Noruega e a colaboração com a NVE relativamente ao desenvolvimento de sistemas de informação de dados abertos e com a possibilidade de crowdsourcing para disponibilização de dados em tempo real.

A Agência Norueguesa do Ambiente apresentou as políticas e medidas definidas naquele País para a gestão de resíduos e recuperação de materiais, bem como um caso prático de um sistema de depósito para embalagens. A Innovation Norway, enquanto parceiro por parte dos países doadores para o Programa Ambiente, Alterações Climáticas e Economia de Baixo Carbono (DPP) demonstrou a sua experiência enquanto principal veículo do governo norueguês para a inovação e desenvolvimento das empresas e industria. A Infinitum apresentou as especificidades do sistema tributário norueguês para embalagens de bebidas e respetivas considerações ambientais tendo ainda realizado uma visita guiada às suas instalações de reciclagem de latas e garrafas de plástico.

Participaram nesta visita, os representantes da Secretaria-Geral (gestora do Programa Ambiente, Alterações Climáticas e Economia de Baixo Carbono), da Unidade Nacional de Gestão, da Embaixada da Noruega em Portugal e o Senhor Embaixador de Portugal na Noruega, António Quinteiro Nobre os quais, acompanharam, o senhor Secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins. Integraram ainda a Comitiva, membros do gabinete do Secretário de Estado do Ambiente, representantes da Agência Portuguesa do Ambiente / Administração de Região Hidrográfica do Centro (APA / ARH Centro), do Instituto de Hidráulica e Recursos Hídricos da Faculdade de Engenharia Universidade do Porto e da Engenho & Rio.